Pular para o conteúdo

Carrinho

Seu carrinho está vazio :(

Artigo: Como a masturbação pode melhorar sua energia

Como a masturbação pode melhorar sua energia

Como a masturbação pode melhorar sua energia

Sabe o sexo que reenergiza?

Na correria do seu dia a dia, se masturbar ou fazer sexo são momentos nos quais você aguarda ter toda energia e disposição, para então se dedicar a isso? Bem, sabemos que é importante se sentir disposta para se dedicar a momentos deliciosos da vida, mas também percebemos que a masturbação pode ser uma fonte para carregar suas energias, bem como fazer sexo e se reenergizar através dele. Você já pensou a partir desse viés? De ao invés de ficar esperando a energia vir, você se movimentar nessa direção pode justamente trazer essa energia de volta?

Tem aquele velho clichê que diz que “movimento gera movimento”, e é sobre isso que vamos falar hoje! Porque muitas vezes a gente acha que precisa descansar para recarregar as energias, mas na verdade precisamos nos movimentar para gerar mais energia. Faz sentido para você? Então vem com a gente. 

 

Não espere a energia vir: movimente-se

Sim, a pesquisas já nos mostraram que a nossa disposição vêm através de diferentes formas, e nelas estão incluídas tanto o descanso, como também o movimento que fazemos - o movimento físico mesmo. Caminhadas, corridas, passeios de bicicleta, fazer yoga, ir na academia, são todas atividades que podem te trazer mais energia e disposição para o dia a dia, e isso você já sabe.

Diversas pesquisas e recomendações já apontam que os exercícios físicos impactam de forma positiva a nossa saúde - tanto física quanto mental. Com a prática deles nós adquirimos mais ânimo e vigor, além de diminuir nosso estresse, melhorar a qualidade do sono e ganhar autoestima. Pesquisas indicam que 20% das pessoas adultas se sentem fatigadas constantemente, e que praticar atividade física é uma forma de sentirmos menos desse cansaço constante e com mais energia para o dia a dia. É bastante importante que passemos a ver o exercício físico não só como uma atividade que vai trazer saúde a longo prazo, mas também de forma mais imediata. Cientistas também apontam que, a partir da prática de exercícios físicos, as células musculares adquirem mais mitocôndrias, conhecidas como as "estações de energia" das células, logo temos um aumento na energia disponível no corpo. Além disso, os exercícios liberam hormônios como a dopamina e serotonina, que nos trazem sensações de bem estar e previnem a depressão. 

 

O sexo e a masturbação como aliados contra o cansaço

Da mesma forma, o sexo e a masturbação também são fortes aliados para combater o cansaço. Apesar de muito banalizados por uma parcela considerável da sociedade, ambos são uma potente forma de autoconhecimento, exploração do nosso próprio corpo, troca afetiva com outras pessoas e fonte de muita energia! Então a nossa dica é que você não fique sempre esperando sentada a sua energia vir, mas se movimente nessa direção.

Chegou do trabalho cansada e só quer se atirar na frente da TV para ver um filme? Quem sabe você não pega um vibro delicioso e começa a estimular seu corpo a esse toque? Pode ser uma massagem leve, ir se aproximando das regiões mais sensíveis e, se desejar, fazer estímulos pontuais nos genitais até você gozar de forma bem deliciosa. Depois disso, observe como se sente, veja se seu corpo não te pede por mais movimento do que antes, quando você estava na inércia.

(Nota da editoria: observe-se mesmo, porque talvez seu cansaço possa ser físico e bem, aí você vai precisar descansar!)

Além disso, lembre-se que sexo e masturbação também são formas de expressão e de libertação, então é um momento de deixar todos os tabus de lado e realmente se experimentar - com toys novos, com novos toques, explorando lugares do seu corpo que você nem imaginou, e usando toda a sua criatividade para criar um momento delicinha e sem nenhuma culpa.

Também é importante lembrar que quanto mais você goza, mais você deseja vivenciar o orgasmo e compreende vias para atingi-lo, conforme pesquisa publicada no Sex Roles. Então, mulheres que gozam mais tendem também a ter uma vida sexual mais excitante. É claro que isso não significa dar importância apenas ao orgasmo, pois sabemos que as formas de prazer são diversas, mas ter conhecimento e valorizar o nosso próprio orgasmo são tópicos extremamente importantes para nossa vida.


Se nutra de forma integral

Às vezes para se recuperar de um cansaço extremo ou de um burnout é preciso não somente descansar, mas também se nutrir de outras experiências, já que somos seres múltiplos e tudo que nos cerca tem a capacidade de nos afetar.

Então, busque relembrar aquilo que te faz sentir mais vida para inserir isso na sua rotina novamente. Dançar, ir a galerias, fazer um passeio no parque, lutar, escrever, escutar música, comer em um bom restaurante, sair com as amigues - tudo é válido, desde que te nutra de forma positiva! 

E bem, se você se sente totalmente perdide e não sabe o que te nutre hoje: experimente! Experimente o novo, faça uma atividade que nunca fez, vá a um lugar que não conhece, chame uma conhecide para sair e criar novos laços de amizade. Experimentar a vida é uma das coisas mais deliciosas que podemos fazer, e com certeza todos esses aprendizados vão dar mais clareza sobre o que te nutre e o que faz sua energia se esvair.

 

Resgatando a saúde e energia

Além de se nutrir de forma mais momentânea é importante traçar estratégias para de fato resgatar sua saúde e energia integralmente. Ainda mais em tempos de final/início de ano, período comum de nos sentirmos com sobrecarga em todos os níveis.

Para isso, lembre-se que existem sete tipos diferentes de cansaço e uma “indicação” para cada um deles:

Cansaço físico: vem do esforço que realizamos com o corpo. Seu descanso vem através do sono, de um alongamento ou massagem.

Cansaço mental: vem do uso excessivo da mente e pensamentos. Melhora através de momentos que relaxem, como um passeio ao ar livre.

Cansaço espiritual: pode vir de um distanciamento de suas crenças espirituais. Através de leituras de temas que façam sentido para você esse cansaço diminui gradativamente.

Cansaço emocional: vem da pressão psicológica (que pode ser externa ou interna). Melhora com o aprendizado de impor limites e exercitar a autocompaixão.

Cansaço sensorial: vem do excesso de estímulos (visuais, auditivos, olfativos etc). Estar em ambientes mais silenciosos pode ser uma boa alternativa.

Cansaço social: vem do esforço excessivo para agradar outras pessoas e se fazer extremamente presente. Melhora ao trabalharmos o autoconhecimento e autoconfiança, além de tirarmos um tempo para nós mesmos sozinhos ou de solitude.

Cansaço criativo: vem da pressão pela criatividade. Buscar tarefas que te desfoquem disso pode ser bom, como alguma tarefa útil na sua casa.

Vamos combinar de na próxima vez que o cansaço bater, ao invés de nos entregarmos a ele, ao sofá e ao celular, a gente se lembre de reconectar-mos com o nosso próprio corpo, toque, e todos os sentires que nos foram dados. Ou de ligar para seu date e se nutrirem juntes dessa energia, ok? Assim, ao invés de enxergarmos o prazer sexual sempre como algo que precisa de muita energia e disposição para ser colocado em prática, podemos mudar nossa perspectiva e olhar a partir do local de quem se nutre com seu prazer e do outre. Combinades?

© TEXTO DE BÁRBARA SILVA VIACAVA, Jornalista, Redatora e Comunicadora de marcas.
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA CLIMAXXX. 

Deixar comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.