Por um mundo menos tóxico, principalmente quando se trata de sex toys.

Hoje é o dia mundial da saúde, e por mais que sex toys e masturbação não sejam as principais conexões que fazemos quando trazemos esse tema, eles têm absolutamente TUDO a ver com saúde. Bom, em primeiro lugar a masturbação, por se tratar de um ato capaz de acalmar e cuidar do corpo de dentro pra fora, de maneiras que às vezes até menosprezamos, mas que inegavelmente traz benfeitorias muito fáceis de sentir. Sabe aquele soninho feliz pós orgasmo? Ele vem depois da liberação de uma chuva de "hormônios da felicidade", como serotonina, ocitocina, endorfina, entre outros, que invadem o cérebro após o grande momento literal de autoamor.

Mas para além dos benefícios da masturbação, que sempre gostamos de reforçar aqui, as ferramentas que escolhemos para incrementar o nosso sexo (seja solo ou acompanhada) também precisam acompanhar todo esse cuidado e foco na saúde. 

Estima-se que cerca de 80% dos produtos eróticos ainda são feitos de materiais tóxicos para o corpo. A lista que químicos perigosos que compõem vibradores, dildos e cosméticos íntimos é longa, e pouco se fala sobre isso. Materiais mais baratos como Jelly e PVC já foram banidos até de brinquedos infantis e outros produtos de grande contato com a pele, mas ainda invadem as fábricas de vibradores e dildos mundo afora. O grande vilão presente em muitos desses materiais, o químico chamado Ftalato, que é comprovadamente cancerígeno e disruptor endócrino, apesar de ter recebido mais atenção nos últimos anos, também segue em produtos como plugs, rabbits e tantos outros toys que ficam em contato direto as partes mais absorventes e delicadas do corpo, as áreas íntimas. 

Precisamos urgente de organizações que possam regulamentar e banir materiais comprovadamente tóxicos, isso é inegável, mas enquanto esse sonho não se realiza, listamos coisas que todo mundo pode fazer para evitar danos à saúde na hora de usar um sex toy:

  • Comprar apenas de marcas confiáveis, que possuem um posicionamento ético transparente que vai desde a escolha dos ingredientes que compõem os produtos, até a preocupação com a diversidade e pagamento justo de seus funcionários. 
  • Preferir por materiais mais fáceis de limpar e não porosos, como Silicone Cirúrgico, Aço, Vidro de Borosilicato, Plástico Rígido de ABS.
  • Higienizar o toy SEMPRE após o uso e guardar longe da luz e do calor, de preferência na embalagem original.
  • Quando for usar produtos de materiais não-tóxicos e porosos, como elastômero (TPE), mantenha apenas em contato com as áreas externas do corpo e não compartilhe (exemplo: Tenga Egg e outros martubadores penianos).
  • Caso você desconfie que aquele seu toy antigo é de Jelly ou algum outro material duvidoso, e ainda sim não quiser jogá-lo fora, use-o sempre com preservativo.
  • Na presença de qualquer ardor ou incômodo na pele ou mucosa, interromper imediatamente o uso do toy, e procurar atendimento médico especializado.
  • Não usar o mesmo toy que foi penetrado no ânus no canal vaginal sem higienizar com sabonete neutro antes.
  • Cheire o toy assim que recebê-lo, se ele possuir um cheiro muito forte de plástico ou borracha, tenha atenção redobrada, e cobre do fabricante a composição completa.

Lembrando que ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), também podem se espalhar através do compartilhamento de sex toys, por isso, se for dividi-lo com mais alguém, use um preservativo apenas para você, e troque quando for estimular a outra pessoa, independente do material do toy. Saúde sexual é coisa séria, e nosso principal foco quando buscamos ferramentas de prazer é justamente desfrutar com leveza e tirar o melhor proveito da experiência, por isso todo cuidado é válido e uma forma de nos proteger.

Felizmente, hoje a indústria está em constante mudança, e cada vez mais vemos surgir marcas comandadas por mulheres, com foco no prazer e na educação sexual, vindas do movimento bodysafe (seguro para o corpo), com designs confortáveis e anatômicos. É uma honra poder ir atrás dessas marcas como a Fun Factory, Svakom, Je Joue, Satisfyer, Feel, entre outras, para trazer apenas o melhor e o mais seguro que existe no mercado para vocês, além de ser um orgulho poder afirmar que fomos pioneiras em levantar essa bandeira bodysafe aqui no Brasil. Confiamos que o aprendizado real só acontece quando nos unimos e passamos as informações adiante. Por isso toda nossa curadoria é pensada com muita atenção e carinho para sempre aliar prazer & segurança, além de construir novas narrativas positivas, acolhedoras e com boas doses de autoconhecimento e autocuidado.

Ficou alguma dúvida? Comente aqui, ou nos envie um e-mail para oi@climaxxx.com.br que responderemos com amor. Fiquem bem, seguros, e se possível, em casa. <3

© Texto de Clariana Leal, Educadora Sexual e sócia da Climaxxx.

Todos direitos reservados.

Deixe um comentário

Todos comentários são moderados antes de serem publicados