Pular para o conteúdo

Carrinho

Seu carrinho está vazio :(

Artigo: Como gozar sozinha (e gozar mais quando acompanhada)

Como gozar sozinha (e gozar mais quando acompanhada)

Como gozar sozinha (e gozar mais quando acompanhada)

Gozar na masturbação é mais fácil do que gozar no sexo a dois? 

Essa é uma situação mais comum do que você imagina. Até as pesquisas mostram pra gente que a parcela feminina da população não anda tendo orgasmos o suficiente. Mais de 78% das mulheres não consegue gozar com seus parceiros. 

Mas por que? O que torna tão difícil conseguir um orgasmo no sexo a dois? A CLMX te leva nessa discussão para entendermos como gozar a um ou a dois. 

Por que é mais fácil gozar na solitude?

Existem várias e várias camadas de explicações que nos indicam por que é mais difícil gozar com alguém do que na masturbação.

A primeira camada diz respeito a nós, nossa mente, nossa experiência sexual e a forma como lidamos com nosso desejo. Quando fazemos sexo pode existir uma dificuldade em se deixar ir, em aproveitar o caminho até o orgasmo, ou em se concentrar no momento. Preocupações na cabeça, neuras com nosso próprio corpo e até mesmo nossos próprios preconceitos podem acabar aparecendo durante esse momento tão íntimo (e que nos expõem tanto). E com a cabeça cheia de pensamentos e ansiedades fica bem difícil ter um orgasmo. 

A segunda camada diz respeito ao outro. A verdade é que muitos homens cis ainda não descentralizaram o prazer do sexo de si mesmos. Vocês já ouviram falar do gap do orgasmo? Basicamente, uma pesquisa mostrou que casais de mulheres lésbicas têm mais orgasmos do que casais entre mulheres e homens heterossexuais. Outro dado importante é que a grande maioria das mulheres não alcança o orgasmo através da penetração. Tudo isso mostra que existe uma necessidade em aprender a lidar com o prazer feminino pelos homens cis. 

E, na terceira e última camada está a comunicação. Nem sempre falamos dos nossos desejos, da forma como nós sabemos que gostamos de um certo tipo de toque, uma velocidade, um ritmo. 

E aí quando ficamos só, não temos que lidar com nada disso. É só a gente pela gente mesmo, com nosso toy, no nosso ambiente, no nosso ritmo… As coisas fluem bem melhor, não é mesmo? É claro que em um ambiente tão confortável, o orgasmo vem mais rápido e até pode ser um gozar muito mais intenso. 

Mas então, o que fazer? 

Para quem nunca chegou lá

Como gozar com companhia

Se você já tentou, mas não consegue de forma alguma gozar com uma pessoa parceira e só consegue chegar lá na masturbação, está na hora de refletir os porquês. 

Existe alguma preocupação com a sua imagem durante o sexo? Com a forma com que o outro te vê? A performance do outro não foi agradável? É possível comunicar a outra pessoa como melhorar? 

Comunicação pode ser a chave para alcançar o orgasmo mais facilmente. Não precisa ser de forma direta. É possível enviar dicas sutis que ajudem o outro. Um gemido mais intenso, um toque mais forte, ou até mesmo verbalizar o que se está sentindo ajudam muito.

Se não der certo, que tal tomar um papel mais ativo e guiar o outro para a forma certa de te tocar? Imitar os movimentos e posições da masturbação a dois é uma ótima ideia. Outra ideia interessante é levar os toys para o sexo a dois. Os brinquedos eróticos são uma ótima forma de ensinar o ritmo, velocidade e os pontos a serem tocados para alcançar o orgasmo. 

E o mais importante: não exija menos do que um estímulo completo até a hora da penetração. Se você gosta de beijos, carícias, oral, dedos e etc. para chegar até o orgasmo, a pessoa parceira precisa saber disso e precisa respeitar esse percurso.

Como gozar se masturbando

Pra achar um ou mais caminhos pra chegar no orgasmo, a gente precisa saber o que gostamos ou não até ele acontecer. Então, não tem melhor jeito de fazer isso do que tentando sozinha. E por onde começar? Como chegar no orgasmo?

O clitóris é a forma mais fácil de ter um orgasmo, então sempre é melhor começar com ele. Prepare o ambiente e reserve um tempo para relaxar antes. Para deixar melhor, um lubrificante do lado é mais do que necessário. Principalmente quando na masturbação a vulva não está muito lubrificada. 

Sem vibrador, Comece lentamente, com uma massagem na vulva ou em outros pontos eróticos no corpo. Quando a excitação aumenta, parta para os toques com os dedos no clitóris. Experimente ritmos e intensidades diferentes. 

Se você prefere a penetração, as dicas são as mesmas. Utilize os dedos e experimente ritmos e intensidades diferentes.  E para ambos os casos, os toys são mais do que recomendados. Os sugadores são uma ótima forma de chegar ao orgasmo pela primeira vez, mas para além deles você pode testar os bullets.

Finalizando…

É, para o prazer não existe mesmo tutorial. Nem pra gozar mais rápido a dois. Mas podemos dar uma ajudinha pra quem está com a gente saber o que estamos gostando ou não. Só que é bom lembrarmos também que se uma das partes não está ouvindo, a comunicação não existe. 

Então, é possível tentar ensinar, mas o outro precisa estar pronto para aprender. Do contrário, nada acontece e a frustração se instala.

Deixar comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.