Saiba, a decoração da sua casa pode ter tudo a ver com a sua libido!

É isso mesmo que você leu no título, mas longe de mim querer trazer uma fórmula de bolo à lá feng shui do sexo. Só que uma coisa é inegável: O ambiente que vivemos influencia sim nossa sexualidade. Você consegue se imaginar à vontade e relaxada num lugar cheio de luz branca, sem lugares confortáveis pra deitar e com cheiros estranhos? Eu não, e imagino que você idem. Também não é sobre trazer uma cama em formato de coração, sex toys expostos e espelho no teto, não mesmo, tudo é sobre a sutileza dos pequenos detalhes. 

E como uma verdadeira amante do conforto aliado ao design (vou atribuir essa ao signo touro, regido por vênus e que toma conta do meu mapa astral, mais alguém aí?), sempre dei um jeitinho de tornar o ambiente mais aconchegante possível. Seja quando morava em república de estudantes e só me restava um quartinho minúsculo, ou agora com uma casinha no meio da mata atlântica, o importante sempre foi ter elementos que me fizessem chegar ali e saber que eu estava em casa, convidada a descansar e fazer atividades que nutrem o físico e a alma, como ler minha poeta preferida (oi, Matilde Campilho), beber um chá, ouvir o disco Cinema Transcendental do Caetano Veloso, ter uma sessão de masturbação longa antes de dormir, cozinhar, alongar cada parte do corpo depois de um dia cansativo, etc. 

Então tudo isso vale pra quem divide apartamento, pra quem mora com os pais e só tem um quarto pra ter privacidade, quem é casada/o, quem mora sozinho, e possui esse privilégio/direito de ter um teto, mesmo que não seja oficialmente seu. São 4 elementos, que pelo menos nessa minha teoria, são fundamentais pra gerar sensações de acolhimento, que logo pode virar um impulso a mais pra querer explorar outras formas de prazer. E os elementos são: Iluminação, cheiros, texturas e privacidade (bem a louca da sinestesia, realmente mais taurina que isso impossível, mas juro que parei com esse papo de signo). 

  1. ILUMINAÇÃO:

Já tem mais de uma década que travei uma guerra contra a luz branca, aquela fluorescente que domina a maioria das casas brasileiras, e vou te contar o motivo: ela é broxante pra c*ralho! Nosso corpo precisa de 8 horas de claridade, 8 de penumbra e 8 de escuridão. Então imagina depois de um dia inteiro no trabalho com uma luz super forte (ainda mais pra quem trabalha em hospitais, farmácias, escritórios, etc), chegar em casa e ao invés de descansar os olhos, acender mais uma luz forte, aliada às telas de celular e de televisão, não existe mente que consiga entender que chegou a hora de relaxar. Um abajur (ou alguns) com meia luz, ou até velas, mudam a vida dos cidadãos. Vai por mim: mudam a vida! Até aquelas luzinhas de natal amarelas podem ajudar a melhorar o clima, elas estão nas prateleiras de qualquer loja de R$ 1,99 e podem operar milagres quando a grana é curta, mas a vontade de "desbroxar" o ambiente é maior. 


  1. CHEIROS:

Aí pode ser que você more em algum lugar poluído numa metrópole onde sobe aquele cheiro de fumaça, ou até não tenha nada de errado com o cheiro em si da casa, mas gosto de carregar um lema que é "não existe nada tão bom que não tenha como ser ainda melhor". E por isso que levo velas aromáticas pra todo lugar, até pra hotel quando viajo (saudades, inclusive), e também amo aqueles sprays de cheirinhos pra casa. Aromaterapia é uma forma sutil, porém eficaz de abrandar ansiedade, insônia, stress e vários outros fantasmas que nos assombram cada vez mais hoje. Pra acalmar: O campeão é o óleo essencial de lavanda. Pra trazer mais energia: Óleos essenciais cítricos, alecrim, pepermint, e outros. Flores e plantas frescas, como eucalipto, também são bem-vindas quando precisamos de aroma e beleza. 

  1. TEXTURAS:

Essa é a parte mais tátil dos 4 elementos. A textura diz sobre tudo que encosta na nossa pele. Roupa de cama, tecidos de lingerie, sofás, almofadas, tudo que de certa forma nos abraça. A vida é muito curta pra encostar em coisas desconfortáveis, por isso essa parte pede um investimento um pouco maior. Você passa muito tempo no sofá e ele te dá dor nas costas? Não precisa trocá-lo de uma vez, mas adaptações são necessárias, pense em almofadas de apoio que amenizem o desconforto. Qualquer lugar que sentamos ou deitamos pra descansar, também é um potencial lugar pra acontecer algo mais, então pra não correr o risco de travar a coluna no meio da diversão, faça ajustes. Aquela roupa de cama que você ganhou mas pinica, por mais bonita que seja, também não vai conseguir te ajudar. O lance aqui é qualidade, não quantidade. Melhor 3 lençóis cheirosinhos e macios do que 10 ásperos. Melhor uma poltrona antiga e super confortável do que um conjunto de sofá novo todo duro. Entendido?


  1. PRIVACIDADE:

Claro que nenhuma dessas 3 acima vão ajudar no quesito libido se faltar privacidade. Então se você tem roomates, combine certinho o horário que os outros moradores da casa vão estar fora pra você aproveitar os espaços sozinha/o. Ou deixe um aviso na porta quando não quiser ser incomodada/o. O lugar mais privativo é o banheiro? Traga esses elementos pra ele. Pra quem mora com o/a parceiro/a e quiser ter um momento de sexo solo, também vale pedir "amor, tô precisando de um tempinho pra mim, se importa de não entrar no quarto por agora?", nesses tempos de muito homeoffice pra pouco espaço, saber verbalizar nossas necessidades de tempo solo é ouro. E isso se aplica pra maioria dos cenários. Dica extra: Sempre tenha sua playlist/músicas preferidas à mão quando precisar que ninguém ouça você ou seus vibradores. 

Pra mais dicas de decoração, me segue aqui no Pinterest, que além de educadora sexual existe uma decoradora de ambientes adormecida aqui. E saiba, a sexualidade não é uma parte separada de nós, nutrir o erótico não precisa ser se vestir apenas com roupas fetichistas (apenas se você quiser), às vezes comer uma fruta ou tocar num tecido agradável pode despertar muito mais desejo do que algo explicitamente relacionado ao sexo. O gostoso é poder ser você e explorar todos os sentidos ao máximo! 

 _ 

© Texto de Clariana Leal, Educadora Sexual e sócia da Climaxxx.

Todos direitos reservados.

Deixe um comentário

Todos comentários são moderados antes de serem publicados